Abalos Sísmicos

30 dez

William Cheselden Osteographia 1733

William Cheselden, Osteographia 1733.

“Refinamento é inevitável quando você mede um fenômeno por um longo período de tempo”. Charles Francis Rischter

As mudanças estruturais, que alteram definitivamente a maneira como nos relacionamos com o espaço, não vêm do alongamento intenso exigido para explorar o movimento em toda sua amplitude, ou da energia gasta para levantar grande quantidade de peso. Transformações de fato têm seu lugar nos níveis mais profundos do corpo, onde reside o início de toda ação, em um ponto tão mais suscetível a mudanças quanto mais sutis e precisas são as exigências que recaem sobre ele.

Sobrevive na origem do movimento a postura nuclear, onde o menor abalo engendra mudanças exponenciais por todo o corpo. São as alterações na raiz da ação aquelas que, antes de qualquer outra, respondem aos desafios impostos pela vontade e carregam em si a gênese da mudança.

13092012530

Postura invertida de apoio sobre os ombros (salamba sarvangasana).  Análise da atividade muscular (EMG) da região lombar .

Cada músculo do corpo guarda profunda identidade com o trabalho para o qual foi designado e carrega uma missão, uma incumbência que evidencia sua especificidade. Recrutar músculos superficiais para assumir funções posturais, ou atribuir a músculos posturais e profundos a responsabilidade pelo levantamento de peso, por exemplo, podem ser erros caros ao corpo. Além do elevado custo energético e do desgaste precoce que esta perspectiva engendra, a reprogramação em bases disfuncionais só consolidam o erro, tornando-o inexpugnável com o tempo.

vriksasana

Postura de apoio unipodal (vriksasana). Atividade assimétrica na musculatura lombar.

“Trabalhar a postura” significa, simplesmente, trabalhar posturalmente. Para acessar o eixo em torno do qual se desenrola o movimento é preciso buscar o equilíbrio inerente a sua estrutura e enfatizar a estabilidade no cerne da ação.

Desta maneira, “como fazer” tem primazia sobre “o que fazer”. Os predicados da força – e não a força em si – têm o poder para promover e perpetuar mudanças.

A mobilização simultânea de articulações e músculos em múltiplos planos – e não a ação de um músculo isolado em um plano único do movimento – evidencia o denominador comum a toda ação, integrando todo o corpo em torno do próprio eixo ao invés de desagregá-lo.

A constância, a continuidade e a virtual imobilidade que constituem o equilíbrio postural indicam que a ênfase no tempo de permanência, muito mais que nas séries de repetição, cria as condições de acesso necessárias aos padrões posturais.

Figura1

Sinal EMG bruto do longuíssimo do dorso em salamba sarvangasana

A atividade muscular não diminui devido à imobilidade do corpo, mas em resposta à melhora do equilíbrio postural. Em desequilíbrio, o corpo recruta grande quantidade de força para manter a estabilidade. Se fraco, debruça-se sobre a própria estrutura para evitar o colapso. Equilíbrio e força expressam-se inversamente no corpo: a ausência de um aumenta a dependência do outro.

A sintaxe entre o movimento e sua estrutura instala-se quando os ruídos e maneirismos do corpo se dissipam à luz do detalhe e do respeito à singularidade do indivíduo. Uma atividade física suave pode ser tão palatável quanto inócua. Se extenuante, tão cansativa quanto estúpida.

Grandezas inversas no corpo, força e equilíbrio requerem, enfim, a intervenção da inteligência para sua simbiose.

A atenção voltada ao movimento – e não para fora dele – lança as bases para o aprendizado psicossomático: chave para a sintonia fina entre conteúdo e expressão, motor de mudanças profundas e definitivas.

1sarvangasana

salamba sarvangasana

A postura deve ser estável e confortável (sthira-sukhan asanam II – 46)

* créditos nos comentários

Anúncios

Uma resposta to “Abalos Sísmicos”

  1. João 30 de dezembro de 2012 às 1:07 AM #

    Grato a meus colegas de “recreio” Gabriel e Bruna (fotos), Nelly Leite (instrumentação EMG) e Dr. Mário Oliveira (coord. fisioterapia FCS).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s