Yoga em casa.

16 ago

Se você está freqüentando as aulas de Yoga regularmente e deseja desenvolver sua prática é muito importante começar a fazer Yoga em casa. Para isso é preciso motivação e um espaço que chame você para o mat.

Espaço, para a maioria de nós, é um luxo. Mas se você está pensando em começar a praticar Yoga com regularidade em casa é fundamental contar com um espaço designado para tal fim, com todo o material que você precisa sempre à mão. Se você tiver que empurrar um sofá, tirar uma estante do lugar e sair em busca de seu material sempre que se predispor a praticar, sua iniciativa não irá durar muito.

Seu cantinho do Yoga pode ser precisamente isso, um canto com espaço suficiente para você espreguiçar-se em savasana e um pedaço de parede para usar como prop. Não é necessário ter um cômodo inteiro para praticar Yoga, a não ser que você queira praticar com alguns amigos ou familiares, o que pode ser muito motivante. Importante é que seu espaço:

• Seja facilmente acessível e desobstruído, pronto para usar;
• Iluminado e arejado;
• Tenha seu material sempre à mão;
• Esteja livre de distrações (na prática de Yoga prefira olhar para dentro de si mesma).

É fácil começar a praticar Yoga caso você tenha um espaço nestas condições, chamando você para a prática de Yoga. O peso da obrigação é o início da resistência. Quando você tem que começar, a melhor coisa a se pensar é no bem-estar que você sente após a prática.

• Conscientize-se que você está fazendo uma coisa boa para você mesma.
• Pratique com um amigo, parente ou conhecido. É mais agradável.
• Mantenha anotações sobre quais posturas você deve realizar e sobre os insights que você teve em sua prática naquele dia. O verdadeiro registro de que você tem praticado é seu corpo e sua mente, mas uma anotação às vezes ajuda.

Regularidade é sempre preferível. Se você pode manter o hábito de praticar sempre no mesmo horário será muito mais fácil manter uma rotina de prática. Porém isso nem sempre funciona e a inconstância deve ser respeitada. Flexibilidade é a lei para o corpo e para a mente do Yogue. Vá aos poucos encaixando seus horários de prática (não encare flexibilidade horária como uma licença para não fazer nada).

• Encare sua rotina de forma realista. Existe um horário no qual você pode dedicar à prática?
• Se você não tem um horário consistente, agende dias nos quais você pode praticar.
• Leve em consideração o período do dia. Somos diferentes nos diferentes períodos do dia.
• Pratique de estômago vazio.

Durante a prática de Yoga, preste atenção à sua respiração; ela deve ser natural e livre de obstruções. Mantenha a garganta desimpedida e permita ao ar fluir naturalmente. É muito fácil esquecer disso quando a prática estiver sendo muito intensa. Respire pelo nariz.

Equipamentos (props)

Hoje em dia, Yoga props podem ser facilmente obtidos em supermercados e lojas de esportes. Na internet você encontra variedade gigantesca de modelos e preços. Em 1930, B.K.S. Iyengar começou usando tijolos e placas de madeira para ajudar aperfeiçoar sua prática. Quando você estiver habituado ao uso de props, não haverá objeto sólido que sobreviva à sua criatividade.

• Mat (tapetinho de Yoga) deve oferecer estabilidade, tração e acolchoamento. Evite tatames de EVA e colchonetes de espuma, muito instáveis e podem machucar seriamente punhos e pescoço em algumas posturas. Desenhe linhas no mat para alinhar seus pés nas posturas.
• Blocos são muito úteis. Listas telefônicas e tijolos devem ser enrolados com jornal amarrados com durex.
• Cintos são excepcionalmente úteis quando você deve segurar seus pés e os músculos posteriores da coxa não deixam você chegar lá. Fivelas significam que você poderá fazer um anel para conectar e unir muita coisa.
• Mantas firmes, para ‘acertar’ os desníveis do corpo na realização das posturas.
Cadeira larga, para acomodar o quadril confortavelmente.
• Um bolster (almofadão) deve ser preenchido com estopa ou pó-de-serra e é muito importante para a realização de posturas restaurativas. Pode ser substituído por um rolo de mantas amarradas.
• Sacos de areia podem ser úteis como peso para intensificar o alongamento.

Por que props?

O uso de props é essencial à prática de Yoga e não um impedimento ou uma admissão de incapacidade. Os props são usados para ajudar a encontrar equilíbrio e estabilidade na postura. Qual é o benefício em levar as mãos no chão em Utthita Trikonasana se seus discos lombares estiverem sendo esmagados, os ligamentos de seus joelhos forçados e os ombros tensionados? É preferível não fazer nada a praticar Yoga desta maneira. Se você pretende começar a praticar Yoga em casa, você deve usar props ou você simplesmente irá se machucar. Pense nos props como extensões de seu corpo até que eles se tornem invisíveis para você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s